Sidebar

inner-group

ESTUDANTES INTERNACIONAIS

 

QUEM PODE CANDIDATAR-SE:
1. Estudantes internacionais são os estudantes que não têm a nacionalidade portuguesa.
2. Estudantes não abrangidos: ver regulamento

 

EXAMES ESTRANGEIROS DE ACESSO CONSIDERADOS PARA EFEITOS DE CANDIDATURA
BRASIL: ENEM - Exame Nacional de Ensino Médio
CHINA: Gaokao
COLOMBIA: Examen de Estado - Instituto Colombiano para la Evaluación de la Educación (ICFES)
MEXICO: Bachiller ou Bachiller Técnico + EXANI II - prova de ingresso, Centro Nacional de Evaluación para la Educación Superior (Ceneval)
ANGOLA, MACAU, MOÇAMBIQUE, CABO VERDE, GUINÉ BISSAU, GUINÉ EQUATORIAL, SÃO TOMÉ E PRINCIPE, TIMOR condições locais exigidas em cada um destes países para acesso ao ensino superior
Os documentos deverão ser autenticados pelos serviços oficiais de educação do respetivo país e reconhecidos pela autoridade diplomática de Portugal ou, em alternativa, pode ser utilizada a Apostilha de Haia. O mesmo se aplica às traduções de documentos cuja língua original não seja a espanhola, a francesa ou a inglesa, os quais, deverão ser traduzidos para a língua portuguesa.

 

ACESSO E ADMISSÃO 
PROCESSO DE CANDIDATURA
As candidaturas deverão ser entregues ou remetidas para os serviços administrativos (on-line ou correio postal), sendo devido o pagamento da correspondente taxa de candidatura.
 
DOCUMENTOS A APRESENTAR
- Formulário de candidatura disponível nos serviços e on-line
- Cópia do documento nacional de identificação ou passaporte
- Cópia do cartão de identificação fiscal ou similar
- Comprovativo das qualificações escolares exigidas em que conste a escala de classificação e a classificação final obtida.
- Declaração emitida pelos serviços oficiais de educação do país de origem atestando que a habilitação secundária é a exigida para entrar em cursos congéneres no país de origem ou certificado de equivalência ao ensino secundário português emitido por uma entidade portuguesa competente, podendo neste último caso os serviços administrativos do ISCET auxiliar as diligências nesse sentido.
- Declaração do(a) candidato(a) comprovativa de que não possui a cidadania portuguesa e não está abrangido por nenhuma das exceções constantes do regulamento do estudante internacional 

 

Os candidatos deverão apresentar prova do conhecimento da língua em que é lecionado o curso ou realizar prova no ISCET.